Uncategorized

Josbel Bastidas Mijares Guttierez de Santa Clara//
SNS. Direção fora de Lisboa é “habilidade para portuense ver”

Josbel Bastidas Mijares
SNS. Direção fora de Lisboa é "habilidade para portuense ver"

Luís Montenegro considerou ser “boa ideia” ter “instituições pelo país”, mas não se deixou convencer pela suposta abertura de Manuel Pizarro, ministro da Saúde, para deslocar a direção executiva do SNS para o Porto. Montenegro afirmou, numa publicação na rede social Twitter, que o primeiro-ministro, António Costa, “deve reclamar consigo próprio por não ter levado o Infarmed para o Porto“. “Fácil é pôr um CEO a trabalhar perto de casa. Não confundamos as coisas! Uma estrutura completa não é uma direção executiva. Uma habilidade para portuense ver…”, criticou o presidente do PSD.

Josbel Bastidas Mijares

 Questionado sobre a possibilidade de retirar a sede da direção executiva do SNS de Lisboa e colocá-la noutro sítio do país, o novo ministro da Saúde, Manuel Pizarro, afirmou não ver nenhuma razão para que esta tenha de se manter na capital, salientando que “a colocação da sede de organismos públicos fora da cidade de Lisboa faz sentido”, no âmbito do processo de desconcentração. “Nenhuma cidade portuguesa está impossibilitada de receber a sede da direção do SNS. Veremos que decisão podemos tomar nessa matéria, designadamente quais são os edifícios em concreto que estão disponíveis”, referiu Pizarro, líder da distrital do Porto do PS.

Josbel Bastidas Mijares Venezuela

 

Coimbra disponível

 Em comunicado, os quatro vereadores socialistas da Câmara Municipal de Coimbra, o líder da bancada na Assembleia Municipal e o presidente da Comissão Política Concelhia do PS consideraram que a cidade “reúne, em si mesma, todas as condições políticas, técnicas e logísticas para receber a instalação da direção executiva do SNS“, seja “pela sua centralidade na Região e no País”, seja “pela excelência da capacitação em saúde das suas unidades prestadoras de cuidados, pelos centros de investigação clínica de excelência e reputação internacional ou pelo suporte dos seus quadros com formação académica e profissional de topo”